Cotidiano

Frustrações e sentimentos embolados…

chá mate

Ontem eu tinha o desejo interno de terminar o corpinho de um boneco, eu não consegui. Cometi erros repetidos, desmanchei inúmeras vezes até que decidi deixar de lado, porém eu me peguei com o coração desapontado por não ter conseguido terminar. Constantemente digo para quem começa a trilhar os caminhos dos novelos e agulhas que desmanchar faz parte do processo de aprendizagem e é comum a todo mundo que se aventura em algum fazer manual, tudo isso é uma grande verdade, mas, o meu sentimento ruim não era por ter desmanchado, mas sim por não ter terminado…

Isso me fez pensar muito sobre o almejo de terminar e eu compreendi que cai em uma armadilha comum, eu não aproveitei o tricô, o relaxamento e as sensações boas que isso trás, coloquei todo o meu empenho de dedicação em terminar a peça e como houve fracasso, não consegui terminar, eu me senti triste e decepcionada. É triste dizer, mas o meu querido tricô gerou ansiedade… Porém, não é isso que quero sentir em relação ao meu tricô e nem foi culpa dele tudo o que aconteceu, mas foi minha, criei expectativas…

Portanto, daqui eu retorno, tanto no corpinho do brinquedo quanto no que desejo do meu tricô, resgato a proposta que fiz a vocês no post da Manta Arco-iris :

Proponho que faça sem pressa, relaxe, sinta o fio e perceba as cores, ouça um boa música ou o silêncio com o canto dos passarinhos. Uma caneca de chá bem aromático e respire bem calmamente, deixe o pensamento fluir e lembre do barulho do mar ou de algum som que você gosta, mentalize coisas boas … A experiência é incrível.

E hoje, o corpinho foi finalizado. ♥

cha mate

De tempos em tempos é importante parar, olhar e avaliar… com incidente de ontem, eu fui forçada a fazer isso, porém fico feliz, se não tivesse acontecido talvez não perceberia a tempo que estava trilhando um caminho sinuoso em que a ansiedade está a espreita em cada curva. Fique muito feliz de poder esses ajustes e ter o tricô como um aliado a dias mais tranquilos e saudáveis. ♥

Por hoje é só esse relato da vida cotidiana do atelier, logo eu volto!

Abraços e até breve 🙂

 

Um comentário em “Frustrações e sentimentos embolados…

  1. Eu me sinto assim com outros trabalhos que faço, costura criativa ou feltro,acabo me sentindo bem cansada no final,pq sempre estou focada em terminar e isso fica pior quando algo da errado,e o artesanato deveria ser pra gente relaxar e não pra se extressar, já o crochê que é uma das primeiras coisas que eu aprendi e volta e meia me pego fazendo consigo aproveitar mais,e ainda assim quando é uma peça que dá mais trabalho as vezes me frusto tbm,mas em tudo na vida precisamos fazer prestando mais atenção aos detalhes né ,pq a gente acaba que fazendo tudo no automático,bjs amo suas fofuras ,eu faço um pouco de tricô uma hora dessa vou me aventurar , são muito fofos😉😘😘

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s