Cotidiano · Dicas de Tricô

Reflexões sobre sentir medo • Algumas dicas para quem quer começar a tricotar….

• Sobre ter Medo • Eu entendo todas as vezes que alguém me fala que tem medo do tricô, eu também tenho, errar gera frustração, que não é um sentimento bom … Porém o tricô é uma das poucas coisas da vida em que errar “não dói” na gente nem em outra pessoa.
O tricô ajuda a raciocinar qual é o melhor recomeço, ti faz perceber que talvez o fio não é apropriado ou que a agulha é muito grande… O tricô, com os seus erros e acertos , nós ensina a pensar e a viver melhor…E qualquer coisa, lembre-se da música do Raul … Tente outra vez ! 💛

Olá !! Desejo que você esteja bem … hoje de manhã, postei no Instagram a foto e a legenda acima… e o pensamento sobre o medo tomou o meus dia, tudo que fiz foi pensando no assunto do motivo de sentirmos medo. Eu sei, o mundo está de cabeça para baixo, não temos a certeza de como será as próximas horas e isso deixa, até a pessoa mais tranquila e otimista, inquieta. A pandemia tem testado todos os nossos limites.

Porém fiquei pensando no medo do tricô, algo tão inofensivo. Fiquei cavando com uma colher de chá esse assunto durante o dia e vim compartilhar uma experiência particular, a conclusão que cheguei e algumas dicas para não ter medo do tricô. Lembrando que escritas aqui estão pensamentos e analises minhas sem nenhum especialidade médica, contudo eu acredito que esquadrinhar um assunto assim nos faz ter descobertas incríveis sobre nós mesmos.

Primeira vez que vi leões-marinhos

Nunca fui uma pessoa naturalmente medrosa, quando criança sempre queria alcançar o galho mais alto e descer a ladeira mais íngreme de bicicleta, o que me custou muitos joelhos ralados e várias cicatrizes pelo corpo, nada muito grave, até aqui, nada de medo… então comecei a pensar na escola, fui colocada em um sistema onde era pesada, medida e avaliada por padrões dos quais não me encaixava, um sistema onde não podia errar.

Se talvez fosse um pouco mais justo e levasse em consideração no que eu era realmente boa, teria melhor desenvolvido as habilidades, não teria sentido tanto medo do novo e tanta frustração por errar e ser avaliada em coisas das que realmente não sou boa, talvez seria mais segura de mim mesma. (Isso na minha época e sistema escolar, hoje em dia, sei de escolas que levam isso em consideração as habilidades dos alunos e sinto por não ter tido uma escola dessa, minha vida teria sido um pouco mais fácil).

Acredito que isso seja um dos motivos que tanta gente tem medo (que na verdade é insegurança) do tricô, medo do laço mágico… medo de tudo, sem antes tentar, não querer ou saber lidar com a frustração que envolve aprender algo novo.

Acredito que por isso que Clotilde tem a oportunidade de fazer um curso, em que descobrirá as suas melhores habilidades…

E o que mais acontece no tricô é errar! No início é difícil, não fica bom, erra e desmancha muitas vezes, é uma nova habilidade sendo adquirida, uma agulha em cada mão, muitos pontos e o cérebro não entende (ainda) o que está acontecendo e luta para ficar no conforto.

Não adianta eu vim aqui e falar que é fácil e você está vendo que não é, mas digo-lhe – O tricô se torna fácil! Se você tem realmente vontade de começar a tricotar, simplesmente pegue um fio e uma agulha e comece. Não pense muito em qual peça vai fazer ou que ponto fantasia irá enfeitar o seu topdown que erá tecer em dois dias, percebeu a expectativa exagera sobre uma nova habilidade não desenvolvida?

• Se preocupe em executar o ponto meia (ou tricô), simplesmente coloque na agulha e faça sem pensar em peças, preste a atenção em como o ponto se constrói e vira tecido, treine isso por um dia ou dois já é o suficiente.

• Não olhe tricô no Pinteres, parece meio bobo, porém você irá encontrar peças lindas e criará expectativas e antes de começar já terá um lista enorme de projetos que não irá fazer (risos) não se preocupe, toda a tricoteira tem essa lista, porém agora não é a hora. Não queremos expectativas.

Túlio explicando, com todo o carinho, sobre arte …

• Fique feliz com o seu progresso, mesmo que pequeno. … De novo, é tudo novidade todo progresso é incrível e tenho certeza que é o seu melhor naquele momento.

• Escolha uma professora que explique de uma forma que você entenda. Isso é muito interessante, porque existem várias formar de explicar a mesma coisa, então procurar alguém que tem a mesma linguagem que você coopera para que a sua evolução seja mais rápida.

• Tudo a seu tempo… não se atropele, chegará a hora de você fazer um topdown super incrível!

É para ser divertido, então prepare uma xícara de sua bebida favorita e escolha músicas que relaxem você (pode ser qualquer uma, tenho uma amiga que relaxa ouvindo AC/DC enquanto eu fico super agitada e não consigo tricotar)

Não tenha vergonha de perguntar… nenhuma dúvida é boba e é novidade, então, não se preocupe em perguntar muitas vezes a mesma coisa.

Projetos simples que você encontra no Clube Fantástico e no meu youtube

Sei que também surgem dúvidas sobre materiais e projetos para começar, então, aqui nesse post você encontra mais dicas sobre isso: Tricô do Início

Enfim, desejo que tudo isso ti ajude de a entrar sem medo no maravilhoso mundo do tricô e pode segurar a minha mão, que eu farei de tudo para simplificar e tornar a sua experiência incrível, ainda mais em um período onde sair na rua é um exercício de guerra :\

Se sentir vontade e tudo isso fez sentido, deixe um comentário e compartilhe com um amigo esse post!

Abraços e até ♥

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s